Baixaram o sarrafo na jararaca
13/05/2017 - 11h22 em Novidades

O título da postagem a seguir foi copiado da página do facebook do médico e jornalista Chico Viana. O conteúdo também. Trata-se de uma coletânea de comentários acerca do interrogatório ao qual o ex-presidente Lula foi submetido, referente às investigações acerca do tríplex do Guarujá. 

 

Incorrigível

O “cara” não se emenda mesmo. Como morto não fala, não respeitou nem a memória da mulher, jogando toda a culpa pela compra do tríplex nas costas dela. Como diz o ditado, pau que nasce torto morre torto!

 

Lula deixou a bomba nas mãos da falecida esposa. Como marido, foi ingrato. Como homem foi covarde. Como líder, mente. Como político, foi corrupto e corruptor. O que as mulheres têm a dizer?

 

Encenação
O esperto, malandro e mentiroso “sapo barbudo” quer que acreditemos que a falecida, sempre inexpressiva em opiniões próprias (exceto sobre pedalinhos), tomava decisões sobre patrimônio expressivo? Por que tantos depoentes que não tinham a obrigação de mencioná-lo o fariam? Declarou-se, com ênfase, candidato à Presidência para, posteriormente, creio eu, fazer papel de mártir, preso apenas para impedi-lo. A encenação é trágica, pois reflete o pouco-caso pela inteligência brasileira.

 

Nauseante
Desta vez, Lula superou-se na vileza. Confesso que fiquei nauseada ao vê-lo atribuir tudo o que se referia ao tríplex no Guarujá à falecida mulher. Nauseada, mas não surpresa.

 

A carta na manga

Era o que faltava: estratégia da defesa tenta empurrar a falecida ex-primeira-dama, Marisa Letícia para o centro do PowerPoint do procurador Deltan Dallagnol. Autoridade à moda antiga, bastava um olhar, nunca deu uma palavra.

 

“Ela  odiava praia”

Inverossímil e covarde o depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro. Acusou a ex-esposa Marisa Letícia de querer comprar o apartamento tríplex no Guarujá. Disse até que ela não gostava de praia - o que é facilmente desmascarado em fotos publicadas em diversos órgãos da mídia. O casal adorava passar o pequeno afastamento de final de ano numa base naval, com praia particular, no Nordeste. Perguntar não ofende: quem mandou comprar a Refinaria de Pasadena, nos EUA, que causou um prejuízo de mais de R$ 800 milhões aos cofres públicos, foi também Marisa? Sugiro, como cidadão brasileiro, um concurso imediato de servidores públicos médiuns, para os órgãos de investigações da Operação Lava Jato e das que ainda poderão surgir.

Cara de pau

Será que vamos precisar ir a uma sessão espírita pra saber de quem é o tríplex? Nem dona Marisa, que já morreu, está escapando da cara de pau de Lula.

 

Há controvérsias...

Interesse por tríplex era de Marisa, diz Lula, e ao mesmo tempo afirma que ela não gosta nem nunca gostou de praia. Devo ficar confuso?

De férias

Se a mulher do indivíduo de alma mais honesta do País "nunca gostou de praia", então por que eles sempre iam, nas suas férias, para a base naval de Aratu, em Salvador?

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!