Conheça a cidade no Alasca que não verá a luz do sol até 2019
27/11/2018 10:49 em Novidades

Por mais notívago que você seja, vai dizer que você não curte ver o Sol brilhando, sentir o calor dele sobre a pele ou assistir a um belíssimo entardecer? Esses são alguns dos pequenos prazeres dos quais a população da cidade de Utqiagvik será privada até o final de janeiro do ano que vem. Aliás, os habitantes já estão sem ver os raios solares desde o último dia 18, o que significa que eles permanecerão pouco mais de 2 meses sem ver o Astro-Rei.

 

Penumbra

De acordo com Víctor Millán, do portal de notícias Diario AS, Utqiagvik consiste em uma cidadezinha que fica no norte do Alasca com cerca de 4 mil habitantes e que se encontra a pouco mais de 500 km ao norte do Círculo Polar Ártico.

 

Devido à sua localização geográfica — a cidade está situada nas coordenadas 71°17′26″N, 156°47′19″W —, e por conta da inclinação do nosso planeta, os raios solares não chegam até a localidade durante os meses de inverno (no Hemisfério Norte), provocando um fenômeno conhecido como “noite polar”.

 

Segundo Víctor, mais especificamente, neste inverno, Utqiagvik permanecerá intermináveis 65 sem ter nenhum amanhecer, e passará por uma temporada de penumbra conhecido oficialmente como “noite polar civil”. Mais especificamente, esse período que se dá quando o Sol fica entre 0 e 6 graus abaixo da linha do horizonte e, portanto, não chega a “nascer” pelas manhãs.

 

Entretanto, de acordo com a BBC, ainda que o Sol não apareça, um tiquinho de luz pode ser percebido, e a sensação de quem se encontra em Utqiagvik nesse período é semelhante a de quando transitamos pelas ruas logo após o Sol se pôr. No caso da cidadezinha, a noite polar civil terá duração de 6 horas por noite, mas cairá para míseras 3 horas até o final de dezembro — e o Sol só voltará a dar as caras por lá no dia 23 de janeiro, às 13h04, horário local.

 

Leia mais no site Megacurioso

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!