Deputada paulista que se apresenta como novidade na política “roda a baiana” e causa polêmica por causa de apartamento funcional
01/02/2019 21:12 em Novidades

 

Eleita com o discurso do “novo”, a deputada federal Tabata Amaral (PDT/SP) começou no pior estilo da “velha política”. A jovem de 24 anos que foi carimbada pelo Jornal Folha de São Paulo como “a garota prodígio da periferia” “rodou a baiana” ao saber que o imóvel funcional que ela vai ocupar, durante o seu mandato, ainda não foi liberado pela Câmara. O imóvel continua sob os cuidados do deputado federal Hildo Rocha, conforme atesta a Quarta-secretaria da casa.

 

Inconformada, Tabata, garota da periferia Formada em Harvard, gravou um vídeo com acusações contra o deputado Hildo Rocha. O parlamentar maranhense desmentiu categoricamente a deputada paulista que se apresenta como "militante da educação".

 

Essa deputada nunca conversou comigo, nem pessoalmente, nem  por telefone, de forma nenhuma. A verdade é que estou em processo de mudança de um apartamento para outro. O Ato da Mesa da Câmara Federal número 5/2011 que trata sobre o uso de apartamentos funcionais, me garante o prazo de 30 dias para que eu possa fazer a mudança”, esclareceu.

 

 

A Quarta-secretaria da Câmara confirma que o parlamentar maranhense realmente encontra-se em fase de mudança do apartamento em questão.  

 

A Quarta-Secretaria da Câmara dos Deputados vem esclarecer que o Deputado Hildo Rocha - MDB/MA pediu anuência, concedida por esta Secretaria, para mudar-se do apartamento onde reside para outra unidade funcional. Encontra-se nesta data no processo de mudança de endereço, que envolve encaixotamento de pertences e utensílios e desmontagem de equipamentos para instalação no novo endereço, fazendo uso do prazo legal para a referida operação.

 

Brasília, 31 de janeiro de 2019.

 

Dep. André de Paula PSD/PE

Quarto-Secretário

 

Nova na idade velha nos métodos

A primeira ação de grande visibilidade da reluzente deputada paulista foi brigar por apartamento funcional. A ação da deputada destoa do discurso que a levou a ser a 6ª mais votada de São Paulo. Ao que parece, Tabata não é assim tão prodigiosa como apregoa o Jornal Folha de São Paulo. 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!