Vereadores de Arari criticam obra eleitoreira de Flávio Dino
12/04/2019 21:28 em Novidades

Os vereadores Luciano Odesse, James Nunes e Evandro Piancó (Presidente da Câmara), fizeram duras críticas ao governador do Maranhão, na Sessão Plenária desta sexta-feira (12). De acordo com o vereador Luciano Odesse, é crescente a quantidade de pessoas que buscam sinal de internet de redes WI FI de órgãos públicos de Arari.

 

“A internet instalada em Arari, pelo governo do Maranhão (Maranet), está servindo de abrigo para morcegos. Há mais de ano está sem nenhuma utilidade. Por esse motivo, tenho encontrado inúmeras pessoas, nas portas de prédios públicos com o celularzinho pegando um pouco da internet” destacou Odesse.

 

Pedido de explicações ao prefeito

Diante desse fato, o vereador resolveu cobrar explicações acerca do Projeto de Lei 010/2017, de sua autoria, que cria o Programa Internet Banda Larga, projeto que foi apresentado em Plenário no dia 12 maio 2017.   

 

Odesse explicou que à noite costuma ir à UBS onde trabalha para verificar se o sistema de refrigeração das vacinas está funcionando normalmente e sempre se depara com jovens nas calçadas do prédio, tentando pegar internet.

 

“Portanto, peço à mesa diretora desta casa que mande ofício ao poder executivo para dar resposta sobre esse projeto de lei que é de fundamental importância para os nossos jovens, para que eles possam dispor de internet sem ter que ficar em beira de calçadas de prédios públicos.  Hoje é tão barato. Inclusive uma nova empresa está se instalando em nosso município ofertando internet de boa barata e de boa qualidade”, argumentou Odesse.

 

Vergonha

O James Nunes foi mais contundente na crítica ao governador. “O governador está nos envergonhando. Aquilo que ele trouxe para Arari se tornou objeto de crítica e de vergonha. Aquela propaganda enganosa de internet gratuita, Maranet só serviu mesmo para enganar a sociedade maranhense”, afirmou Nunes.

 

O vereador sugeriu que o prefeito aproveite a estrutura já existente para implantar o PL do vereador Luciano ou então que retire a estrutura metálica ou que substitua a lona com a propaganda da Maranet por temas referentes à cidade de Arari, como a melancia, pororoca, etc.

 

“Tenho certeza que a instalação de inerente gratuita no nosso município não irá onerar os cofres públicos do município porque o custo com internet é baixo”, declarou James Nunes.

 

“Engananet”

O vereador explicou que os recursos para o financiamento do PL de Luciano Odesse poderão ser captados por meio de cobrança de taxas a serem pagas por empresas de energia elétrica e de telecomunicações, pelo uso do solo do município.

 

“Esperamos que o prefeito de Arari tome consciência de que a enganação, a mentira, a enrolação de Flávio Dino, não trouxe bem nenhum para o nosso município através dessa Maranet, ou seja “engananet”, afirmou James Nunes.

 

“Parabéns por suas colocações, em relação ao governo do Maranhão, vereador James Nunes. O governo do Estado está uma decepção para todos nós. Eu não me sinto culpado porque não votei nesse cidadão. Sou radicalmente contra o comunismo”, declarou o vereador Evandro Piancó, Presidente da Câmara Municipal.

 

 Assista ao vídeo

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!