Exportações registram o maior valor mensal da história, com US$ 29,09 bilhões em março
04/04/2022 21:05 em Novidades

 

Valor foi puxado tanto pelo aumento de 1,8% no volume como pela alta de 17,2% nos preços dos produtos vendidos pelo Brasil. O recorde das exportações, em março, foi puxado principalmente pelo aumento dos valores das vendas da Agropecuária (alta de 36,8%) e da Indústria de Transformação (alta de 35,2%)

As exportações brasileiras registraram superávit em março. Os dados foram divulgados na última sexta-feira (1), atingindo US$ 29,09 bilhões no mês, atingindo um recorde mensal histórico, de acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex). Trata-se de um valor inédito para a exportação brasileira, não só para o mês de março, mas para qualquer mês já registrado”, destacou o subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior, Herlon Brandão. O Recorde anterior de exportações mensais era de junho de 2021, com US$ 28,3 bilhões.

 

Já as importações aumentaram 27,1% no mês passado e chegaram a US$ 21,71 bilhões, resultando em superávit de US$ 7,38 bilhões, com alta de 19,3%, pela média diária, em relação a março de 2021. A corrente de comércio (soma de exportações e importações) chegou a US$ 50,81 bilhões, em alta de 25,9%. Tanto importações quanto superávit e corrente de comércio foram recordes para o mês de março.

Resultados da balança comercial

O recorde histórico das exportações se deu graças ao aumento de 1,8% no volume, mas principalmente pela alta de 17,2% nos preços dos produtos vendidos pelo Brasil. Os preços também foram o principal fator que influenciou o aumento das importações, com alta de 29,5%, já que o volume comprado caiu 7,1% no mês. A balança comercial, por sua vez, fechou o trimestre com superávit de US$ 11,31 bilhões, em alta de 37,6%. Foi o segundo melhor saldo do primeiro trimestre desde 2017, quando chegou a US$ 13 bilhões.

Desempenho dos setores

O recorde mensal das exportações, em março, foi puxado principalmente pelo aumento dos valores das vendas da Agropecuária (alta de 36,8%) e da Indústria de Transformação (alta de 35,2%). Do lado das importações, as compras para a Agropecuária subiram 21% em março. Na Indústria Extrativa, as compras cresceram 94,9% no mês. Também aumentaram as compras da Indústria de Transformação, que alcançaram US$ 19,34 bilhões no mês, com crescimento de 25,2%.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!