Homem na Lua: como astronautas das missões Apollo faziam necessidades básicas como comer e 'ir ao banheiro'
10/07/2019 19:16 em Novidades

 A Nasa calculou que astronautas envolvidos na exploração lunar precisariam de 2.800 calorias por dia

Desde Alan Shepard, em 1961, todos os astronautas da Nasa receberam um café da manhã meticulosamente preparado antes da decolagem para o espaço.

 

Todas as refeições anteriores ao voo nas missões Apollo (1961-1972) eram especialmente montadas visando a nutrição, as calorias e, crucialmente, o que os médicos chamam de "baixo resíduo". Em outras palavras, são dizer refeições com baixo teor de fibras, para que os astronautas não precisassem do banheiro por um bom tempo após a decolagem.

 

 

As primeiras missões também limitaram a ingestão de café antes do lançamento, devido às suas propriedades diuréticas. Pilotando o Mercury no primeiro voo de um americano ao espaço, Shepard, por exemplo, sofreu com atrasos na contagem regressiva do lançamento. É que, como a duração de voo planejada era de 15 minutos, os médicos avaliaram que o astronauta conseguiria evitar urinar até voltar à Terra.

 

"Colocaram Alan Shepard no foguete sem uma maneira de dar vazão (à urina)", lembra o repórter Jay Barbree, que comentou na época sobre a missão - a primeira vez que um astronauta americano foi enviado ao espaço - no canal televisivo NBC. "Depois de duas horas, ele começou a reclamar e desesperadamente pediu permissão para molhar sua vestimenta - o que finalmente foi concedido."

 

Depois, astronautas da missão Apollo passaram a usar dispositivos pessoais de coleta de urina, um pouco parecidos com camisinhas, conectados a um sistema de descarte que ejetava os resíduos a partir da lateral da espaçonave.

 

Continue a leitura no site BBC/Brasil

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!