UFPB libera patente de respirador que tem custo estimado de R$ 400
16/04/2020 11:01 em Novidades

 

A Agência UFPB de Inovação Tecnológica (Inova-UFPB), por meio do diretor-presidente, Petrônio Filgueiras de Athayde Filho, solicitou que fosse desenvolvido um ventilador pulmonar por pesquisadores do Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) e do Centro de Informática (CI).

 

A equipe composta por Railson Ramos, Mario Ugulino, Válber Almeida, Tiago Maritan e Marcos Alves concluíram a missão em 48 horas. No início deste mês, a tecnologia já estava protocolada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

 

O ventilador pulmonar desenvolvido na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) faz uso da tecnologia touch-screen, é equipado com sistema multibiométrico e tem conectividade wireless. Inclusive é possível acessá-lo, monitorá-lo e operá-lo em tempo real remotamente por meio de aplicativo em dispositivos móveis (smartphones).  

 

De acordo com os inventores a produção do aparelho é de aproximadamente R$ 400,00, ou seja, mais barato do que o equivalente desenvolvido na Universidade de São Paulo (USP) e que o respirador mais barato no mercado, que custa aproximadamente R$ 15.000.

 

Além disso, o equipamento também é de rápida montagem e programação, sendo possível deixá-lo plenamente operável em 60 segundos. Os inventores ainda afirmam que o aparelho pode ser um substituto aos semelhantes, porque a máquina não é um respirador de emergência e pode ser usado por tempo indefinido. 

 

Quem vai construir esses ventiladores

A equipe de pesquisadores e servidores da UFPB é responsável pelo pedido de patente, mas não pela fabricação, que deverá ser feita por empresa com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o aparelho ainda precisa passar por testes pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO).

 

Nesses últimos caso, acredita-se que em face da urgência as tramitações burocráticas e testes sejam aceleradas.  Assim, o projeto tem licença aberta para os interessados em produzir o ventilador pulmonar. Basta entrar em contato com a Inova-UFPB por meio do e-mail: inova@reitoria.ufpb.br

 

Fonte: Portal da CNI

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!